Sr. Rocha da Internet @ 13:53

Qua, 09/12/09

 

Certamente estarão todos recordados da grande causa "libertem a empregada daquela cujo nome não dizemos porque isso geraria um movimento de ódio" feito pelo saudoso Erecções 2009 - um blog que tinha estilo ao contrário deste que parece um saco de merda. Essa causa parecia estar morta.

Mas, eis senão quando vemos que não caiu em saco roto. A famosa jornalista causídica Fernanda Câncio, cujo blog não podemos linkar correndo o risco de sermos acusados de ter problemas sexuais - e eu não ando a gastar rios de dinheiro em certas prestações de serviços para ouvir este tipo de merdas de indivíduos que nem sequer têm uma coluna no jornal da aldeia -, pegou naquele nosso sentimento de injustiça e abriu um universo que nós não poderíamos ambicionar, o universo de todas as empregadas domésticas.

Só uma pessoa com a magnitude e relevância social (bolds meus)  da Dra. Fernanda Câncio tem a possibilidade - e por que não a capacidade - de assumir este papel na luta pelos direitos das classes oprimidas.

Libertem as "mulheres a contrato de serviço doméstico" (é assim que devemos dizer agora). Principalmente as "mulheres a contrato de serviço doméstico de etnia africana". Mulheres a dias é um termo redutor, empregada doméstica também, até porque dá ares de que há alguém que emprega e alguém que é empregado - um escândalo.

Vamos acabar com estas manias burguesas da serventia e relançar para o debate público temas burgueses realmente importantes como a emancipação até à libertação das "mulheres a contrato de serviço doméstico".

Teremos muito que agradecer ao génio altruísta de Fernanda Câncio. As moscas nunca se esquecerão deste momento único na História de Portugal.

 

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! e !



fernando antolin @ 16:45

Qua, 09/12/09

 

Ó merda, ofereço-me para homem a dias de quem quiser e farei um inside undercover story da situação. Já agora podiam mudar o nome disto,na saudosa tradição do Erecções 2009, para Priapismos 2010.

Gosto tanto de vocês. Beijos muitos.

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Whatever happened to the bright ones
Pesquisar
 
Tags

todas as tags

subscrever feeds