Sr. Rocha da Internet @ 22:34

Seg, 01/02/10

 

Uma nova ciência parece ter chegado à sociedade portuguesa - a tunelologia. No estrangeiro há muito que se trata este assunto com dignidade. Até em Hollywood o assunto já serviu de mote para um filme com Stallone - Daylight, ou em português, Pânico no Túnel.

 

Já não sei quem definiu Rui Santos como tunelólogo, no twitter, mas a verdade é que este novo cientista não está sozinho. Estou neste momento a ver "O dia seguinte" e reparo que também José Guilherme Aguiar e Sílvio Cervan - um cidadão que deixou muitas saudades na turma especial - também são especialistas na matéria. José Guilherme Aguiar é mais da escola focaultiana da constante desconstrução de conceitos e constante relativização. Cervan é mais da escola pragmática dos grandes utilitaristas - se nos interessa é válido.

 

Em todo o caso, as duas escolas concordam na ideia das suposições. Os supônhamos. Esta técnica na avaliação dos factos parece ter grande aceitação em toda a doutrina da tunelologia.

Mas pelo que estou a ver, os clubes não facilitam a vida aos nossos tunelólogos. É de lamentar, mas não aparecem 30 horas de imagens para se verificar o que aconteceu desde que Deus criou a Terra (peço desculpa, eu sou católico).

 

Diz-se que a Eurosport já está a preparar uma sequência sequencial das melhores imagens de túneis e conta para isso com a ajuda da Benfica TV. Este é um boato apoiado por Mário Crespo e pelo Instituto Francisco Sá Carneiro.

 

Deixo apenas uma nota final para os nossos jornalistas e políticos. Botem-me os olhos na modernidade. O futuro está aqui. A partir de agora sem túnel não há factos e sem tunelólogos não há verdade, ou meia-verdade.

 

 

P.S. Eu só quero é saber quem é que paga a lona que o Fernando agrediu com violência.

 

* Reforço a ideia de que o nome não foi dado por mim, infelizmente.

** Depois de ler este post pareceu-me que uma nota de rodapé e um post scriptum (o acordo ortográfico ainda não chegou ao latim) era manifestamente insuficiente.

*** Estive a ver nuns manuais de ciência de renome e quer-me parecer que três notas de rodapé é o mais comum. Obrigado a todos.




Sr. Rocha da Internet @ 14:45

Seg, 01/02/10

Só acredito nos factos relatados por Mário Crespo se me mostrarem imagens do túnel.



Whatever happened to the bright ones
Twitter
Posts mais comentados
2 comentários
Pesquisar
 
Tags

todas as tags