Sr. Rocha da Internet @ 19:27

Seg, 28/06/10

 

 

 

Eduardo Pitta, a Clarice Lispector portuguesa, está ali no seu blog Da Literatura - um blog que era para ser sobre a mariquice dos livros mas que passou a ser sobre o sectarismo acéfalo e também ele mariquinhas - a falar não sei bem de quê (sabe-se lá o que vai na cabecinha da Clarice). A única parte que me pareceu perceptível foi aquela que o Pitta (com todo o respeito, por amor de Deus!) fala em radicais de direita.

Ora, o Pitta (com todo o respeito, por amor de Deus) passa muito tempo a ler poesia e depois fica com a mente tão perfumada que fica sem capacidade de discernimento. Ou se calhar é mesmo burrice. Ó Pitta (com todo o respeito, por amor de Deus), onde é que estão os radicais de direita em Portugal? Isso a solução era sair de casa e pisar merda fresca a ver se se preocupa com outras coisas. Sei lá, com o facto do Primeiro-ministro ser um imbecil, por exemplo.

 



Whatever happened to the bright ones
Twitter
Pesquisar
 
Tags

todas as tags