capitão haddock @ 23:17

Seg, 21/06/10

 

 

parece que a selecção de todos vós não empatou contra aqueles miúdos da academia militar. estou-me completamente nas tintas para isso, já que perguntam a minha opinião. assim como me estou completamente nas tintas para o facto do cavaco não ter ido ao funeral do saramago. como diria o filósofo carlos nobre «a tacanhez, essa, há-de ser eterna». acho a desculpa do cavavo a todos os títulos espectacular: não vou porque estou de férias. pena o saramago não poder ter usado esta desculpa para não aparecer. e até considero extremamente positiva qualquer situação que envolva o não aparecimento do cavaco em público. mas, para quem há pouco defendia a alarvidade de que os portugueses deviam fazer férias no portugal em vez de se irem banhar no estrangeiro, é no mínimo caricato que tenha ido de férias para os açores. para que não assumam já a frase anterior como uma visão humoristicamente fácil, falhada e simplista, ao considerar que os açores são no estrangeiro, passo a argumentar (actividade que tento praticar com parcimónia nesta vida).

 

para que um sítio seja considerado por mim como estrangeiro, tem que satisfazer duas ou mais das três condições seguintes:
a) é preciso ir de avião;
b) tem um fuso horário diferente do meu;
c) eu não percebo o que as pessoas dizem.

 

os açores acumulam as três.

 

 

não obstante a incoerência do presidente da república de todos vós, a grande questão é outra:

 

 

por que caralhos é que um presidente da república está de férias (em junho)?

 

 

seja qual for a vossa eventual resposta, é uma pena as férias do cavaco já terem acabado.

 



menina limão @ 00:59

Ter, 22/06/10

 

http://aeiou.expresso.pt/aparelho-de-estado=s25172

beijinhos, tesão coração, amor, riqueza


Sr. Rocha da Internet @ 11:17

Ter, 22/06/10

 

não posso comentar este post de uma forma lúcida porque adoro livros.

li também o post do aparelho de estado linkado aí por essa amante do humor nunca faccioso e gosto mais do teu porque não cais no erro de dizer que um ressentido tinha faltado ao funeral de outro ressentido e que o ressentimento só serve para o primeiro porque o segundo escreve livros. se caísses não eras pseudo-humorista. eras só parvo.


custodioserodio @ 10:58

Sab, 26/06/10

 

A visita do Cavaco e da sua prole (posso dizer prole, não posso?) foi criar empregos aos Açores. Não é de somenos.

F.G.S. @ 01:01

Qui, 05/08/10

 

1. Pois morreu. E ele já sabia que ía morrer. E se pudesse faria tudo para estragar as férias ao Cavaco.

2. Também não sei porque é que foi de férias em Junho. Mas não lhe perguntem. Ainda vai responder que foi porque em Julho ou Agosto deixa aqueles quartos todos livres para os turistas. Sim! Aqueles quartos todos da comitiva, da segurança, dos jornalistas...

3. Eu vou de férias em Junho porque aqui o Verão é só 2 semansa de Julho e eu quero estar cá. E em Junho sempre há santos em Lisboa.

4. Pois é! (uma pena as férias do cavaco já terem acabado. As dele e as minhas.)

5. Se foi aos açores promover emprego como foi a Angola promover o negócio... O estado angolano continua a dever pagamentos a muitos lusos que por lá andam (esta é to fresca que ainda cria gelo pelo lado de fora!)

6. Se não é estrangeiro e pelo menos muito estranho!! Espero que seja estrangeiro mais rápido do que se possa pensar que o é. Assim lá fora, cá dentro, já é ir para o estrangeiro. E dizem 1000 maravilhas daquilo.

7. Não verifiquei a ortografia (o Saramago também não fazia pontos. Quer dizer, só fazia os "de situação")

8. ??

9. Esqueci-me o que era o 8.

Whatever happened to the bright ones
Twitter
Pesquisar
 
Tags

todas as tags