Sr. Rocha da Internet @ 16:51

Qua, 28/04/10

Este post já foi publicado ontem, às sete da tarde, e até agora nenhuma reacção do jugular. Como é que deixaram passar esta frase: "Só que os mercados não são pais, são padrastos." O que é que esta senhora quer dizer? Hm? Hm? Hm? Que os padrastos são maus, é? Que só servem para fazer maldades às crianças? É isso? Mete-me nojo! Nojo! Cuspo, cuspo, cuspo!

Entretanto, este post também é sobre educação? Esta senhora não percebe nada disto. É evidente que a política de educação seguida pelo mesmo governo que fez aprovar o casamento entre pessoas do mesmo sexo está totalmente certa e só pessoas que não percebem nada disto podem discordar.



clara @ 19:34

Qua, 28/04/10

 

os padrastos não são uma causa fracturante, é o que devemos deduzir disto tudo. só se forem padrastos do mesmo sexo é que conta [o corrector automático do firefox n aceita "padrasto". o que dizer disto? o firefox era o meu pastor e nada me havia de faltar. agora n sei bem o que fazer à minha vida].

Whatever happened to the bright ones
Twitter
Pesquisar
 
Tags

todas as tags