Aurea Mediocritas @ 19:50

Qui, 26/11/09

Excertos do discurso feito à Assembleia Geral, pelo enviado do Ministério da Educação à ONU, o Senhor António Correia:

 

 

"É com o coração nublado de ansiedade que me dirijo hoje a esta augusta Assembleia , trazendo à vossa atenção palavras e factos que ilustrarão o horror que vivemos no Ministério da Educação.

 

É por demais sabido da comunidade internacional os ataques constantes que o meu ministério é alvo por parte da comunicação social.

 

O combate é feroz e desigual, eles são muitos, nós poucos, eles são ferozes e cruéis, nós distraimo-nos com objectos brilhantes.

(...)

Trago comigo provas fotográficas da destruição causada pelas palavras acintosas dos jornalistas no gabinete ministerial:

 

 

Sons de consternação da assembleia.

(...)

Por isso digo Basta! Até agora lutámos de forma desigual, quantas vezes armados apenas de um microfone, contra as hostes enraivecidas do 4º poder, mas precisamos da ajuda e do apoio da Comunidade Internacional.

 

É por isto que venho requisitar que enviem imediatamente capacetes azuis para a Av. 5 de Outubro de forma a defender-nos do destino que é certo se formos abandonados a nossa sorte.

Espero apenas que não seja tarde demais..."

 

Ovação em pé. Olhos marejados de lágrimas em todos os rostos.




drmaybe @ 20:54

Qui, 26/11/09

 

poderias juntar a este teu comovente testemunho umas transcrições do que esses malvados dos jornalistas estiveram a conspirar na sala de imprensa do ME


Aurea Mediocritas @ 09:47

Sex, 27/11/09

 

Há horrores que é melhor deixar em branco ... o que se disse naquela sala não é para os ouvidos de gente decente.

Whatever happened to the bright ones
Twitter
Pesquisar
 
Tags

todas as tags