Sr. Rocha da Internet @ 15:11

Sex, 15/01/10

Diz que o ministro das obras públicas - pessoa de quem ainda não tive tempo para decorar o nome e que como tal julgarei sempre que se chama Severiano Teixeira, que foi o único nome de ministro que decorei para este propósito - declarou que o TGV tornaria Lisboa na praia de Madrid.

Ora, eu não percebo nada de obras públicas, mas quer-me parecer que Lisboa de praia tem pouco. Nem é por ter um rio, é mais por causa do contrato de quarenta e tal anos que a Câmara de Lisboa assinou com a carga pronta e metida nos contentores. Nem quero parecer desmoralizador, mas se é de turismo que Lisboa precisa, então se calhar o melhor era começar por varrer o lixo, não vão as visitas estranhar aquele aroma nuclear da Costa da Caparica.

Ainda assim, e tendo em conta que se podem aproveitar as praias da linha potenciando um arrastão à séria, o que era óptimo para a economia paralela, o facto do TGV e o Aeroporto ficarem um bocadinho à desamão, fazia com que um gajo que saísse de Madrid para vir tomar uma banhoca à foz do Tejo ainda perdesse umas boas 2 horas no trânsito.

Onde é que eu quero chegar com isto? É simples, parece-me que mais do que uma questão de honra ou orgulho isto é - como dizer sem ferir susceptibilidades? - estúpido. No fundo, tal como eu, a grande parte das pessoas que respira em Portugal não sabe o nome do senhor e isto foi tudo um golpe para chamar à atenção.

Aposto que há uma gaveta no gabinete do Primeiro-ministro com "as frases mais loucas para os ministros das obras públicas com um passado no obscurantismo estalinista".



Questódio @ 23:36

Sex, 15/01/10

 

Gostava muito do Severiano Falcão, não sei se fez alguma coisa de jeito, mas tinha um nome completo, um nome cheio.

Bom, mas sobre o assunto, gostei mais desta opinião do menistro:
«Quando o comboio foi introduzido no século XIX, as carroças a cavaclos cairam e se calhar na altura os agentes económicos que estavam ligados à exploração de carroças ficaram extremamente tristes, bem como todas as indústrias associadas a esta actividade»
na http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1470050

Whatever happened to the bright ones
Twitter
Pesquisar
 
Tags

todas as tags