Sr. Rocha da Internet @ 12:20

Sab, 26/12/09

 

 

Havia um campo da sociedade que era limpo e claro - a política. Este mundo de transparência e paz social foi violado pelo terrível mundo do desporto que se aproveitou das suas fragilidades para iniciar uma campanha obscura.

É claro que podíamos falar das rabiçolas olimpíadas que, ao que sugere a minha televisão, até Asterix consumiram, mas concentremo-nos em episódios mais recentes para perceber a gravidade do caso. E tudo começa nas grandes bases civilizacionais e na sua cidade de marca, Roma. Está tudo ligado.

Veja-se o atentado a Berlusconi. Aparentemente não há nada. Desconversou-se com teorias da conspiração (bah! palermas). Mas, a verdade é que o que aconteceu foi uma tentativa nojenta de ingerência por parte desse desporto do demónio, o boccia. Repare-se como tentaram abafar a paralisia cerebral do agressor. Foi preciso estar muito atento, mas apanhei-os. O gesto técnico é irrepreensível, assim como o alcance.

Uma semana após isso temos outro episódio revelador. Episódio esse que tem por natureza um jogo realizado há algumas semanas atrás no Giuseppe Meazza entre a Nova Zelândia e a Itália, em rugby. Pois é, o rugby é uma espécie de ordem dos templários do desporto aos olhos de Dan Brown. Senão, vejamos o que aconteceu na Missa do Galo a Sua Santidade, o Papa Bento XVI. Uma mulher fez uma das mais extraordinárias placagens da história daquele desporto na tentativa de derrubar (e com algum sucesso) o commander in chief do Vaticano.

Este atentado à civilização ocidental tem de ser denunciado. Não nos podemos calar.



Whatever happened to the bright ones
Twitter
Pesquisar
 
Tags

todas as tags